logosite

Acesso a Informação     Leis Municipais desde 1964      Acompanhamento de Trâmite de Processos     Contracheque Online        Registro de Receitas, Despesas, Credores e Gestão de Pessoas.      Para sua Denúncia, Reclamação, Solicitação, Sugestão e Elogio.
Acesso a Informação      Leis Municipais     Protocolo     Portal Servidor     Portal Transparência    

Ouvidoria 

A- A A+

SMOS interdita local para descarte de podas do Município

Ação foi tomada para investigação após denúncias de descartes irregulares ao Ministério Público 

Na semana passada, os serviços de poda e coleta de galhos realizados pela Secretaria de Obras e Saneamento (SMOS) foram suspensos em decorrência de interdição da área licenciada para o descarte do lixo verde. O local está sendo investigado após denúncias ao Ministério Público (MP) de que no espaço haveria sido depositado um crânio humano.

Na sexta-feira, o secretário Cláudio Bernardes acompanhou policiais civis que fizeram o reconhecimento e retirada do material para perícia. Mais tarde, prestou depoimento à Polícia Civil, esclarecendo os fatos no que diz respeito ao serviço que é mantido pela SMOS no local, com o objetivo de que a situação seja normalizada e dada a retomada dos trabalhos, liberando o local.

Como auxílio nas investigações, secretário solicitou ao zelador do Cemitério Municipal um levantamento para verificar a situação dos túmulos. Na semana inicial do mês de julho, a secretaria concluiu ações de limpeza e organização da Central de Recebimento de Resíduos de Podas, deixando o local em condição apropriada para o recebimento do lixo.

Secretário Bernardes ressalta a importância da comunidade na construção de um município organizado e chama a atenção ao funcionamento do local, que é de segunda a sexta-feira das 8h às 11h e das 13h30min às 17h30min. A entrada de resíduos só é permitida na Central, mediante passagem do material pelo servidor da prefeitura incumbido de fiscalizar a chegada da carga.

O apelo é para que não sejam descartados materiais em vias públicas ou arredores das Centrais, na Vila Custódio. Na manhã desta segunda-feira, 24, funcionários da SMOS constataram o descarte inapropriado de restos de móveis e lixo doméstico, além do descarte indevido de resíduos sólidos como pneus e embalagens de produtos nocivos ao meio ambiente.

Como medida de coibição dos atos criminosos, Bernardes solicita a presença do Comando Ambiental da Brigada Militar, a fim de identificar vândalos responsáveis pelo descarte para que responda conforme a Lei.

Obras pela cidade

Os colaboradores da SMOS estiveram dedicados desde sexta-feira, 21, à manutenção de vias públicas na zona urbana do Município. Foram desenvolvidas ações no Bairro Cidade Alta, na sede da associação de moradores, com foco em limpeza e troca de tampas de bueiros. Na Vila Tupã também houve limpeza e desobstrução de valas.

Foto: Divulgação / SMOS